terça-feira, 24 de março de 2009

PASSAGEIRO

Do ponto em que estou
tudo passa rápido
passageiro voraz
observo e colho na retina

Belas fachadas
velhas fachadas
horrendas fachadas

muito mau gosto
muito bom gosto

Charmosas fachadas
históricas fachadas
novas fachadas

muita coisa inacabada
muita coisa recomeçada
muita coisa esquecida

Vai ficando para trás
de tudo um pouco
rua, gente, construção,
etc e tal...

Talvez um dia tudo acabe
como a viajem se finda
quando chega a hora de saltar
no próximo ponto.




PAULO ROBERTO WOVST LEITE
Linha 300

Um comentário:

  1. e lembrar tanta coisa...


    um beijo desde Lisboa

    passarei mais vezes

    teresa

    ResponderExcluir